Diretoria do Corinthians traça planos para tratar das renovações de Bruno Méndez e Balbuena

Com o prazo cada vez mais próximo, a diretoria do Corinthians já sabe como irá abordar as renovações dos zagueiros Bruno Méndez e Balbuena. A informação é do portal Lance!.

O defensor uruguaio possui vínculo com o Timão até o final da temporada e o Internacional demonstrou interesse no atleta de 23 anos.

Veja mais:

O clube alvinegro não tem intenção de vendê-lo e marcou uma reunião com os empresários de Méndez em março para ampliar o vínculo do atleta.

“A gente já conversou com os empresários dele, já marcamos uma reunião agora no mês de março. Eles não são do Brasil, são do Uruguai, mas virão para o Brasil e vão conversar para acertar a renovação”, disse Roberto de Andrade, diretor de futebol corintiano, na zona mista após a vitória do Timão sobre o Mirassol.

Quando o vínculo de empréstimo de Méndez com o Inter terminou, em julho do ano passado, o Colorado quis comprar o atleta em definitivo, mas o negócio não evoluiu. Os corintianos não se opuseram em vender o zagueiro e até se dispuseram a negociá-lo por um valor menor do que os 6 milhões de dólares fixados na época. Mas a ideia era também repassar uma porcentagem menor dos direitos econômicos, o que desagradou a direção do Inter.

BALBUENA

Reserva pelo terceiro jogo seguido, Balbuena não teve um bom começo de ano, e suas atuações podem ser o diferencial para o Corinthians seguir em frente com a renovação.

O paraguaio de 31 anos está emprestado pelo Dínamo Moscou até o final de junho pela “cláusula de guerra”. Como a guerra entre Rússia e Ucrânia segue, há a possibilidade de prorrogação deste “contrato provisório”. Se isso acontecer, as chances do zagueiro permanecer no Timão aumentam.

Por isso, a diretoria corintiana não tem pressa para sacramentar o negócio e irá esperar para entrar em conversas formais com o clube russo.

“O Balbuena é um pouco mais complicado, porque não depende só da gente, né? O contrato vai até o meio do ano, então a gente tem que aguardar chegando mais perto dessa data para poder ver o que vai acontecer. Hoje, a gente não consegue ter uma visão melhor se ele vai permanecer ou não”, concluiu Roberto de Andrade.

O último jogo do paraguaio pelo Timão foi na derrota contra o São Bernardo, na qual ele perdeu uma bola aos três minutos de partida e precisou cometer um pênalti que resultou no primeiro gol do Tigre.

Leave a Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *